Como você já deve ter notado, após instalação do SQL Server vários bancos de dados são instalados.

master:

O master é o banco de dados mais importante do SQL Server, portanto, já mais deve ser realizada qualquer tipo de alteração diretamente nesse banco de dados.

Não há nenhum motivo justificável para entrar nas tabelas desse banco de dados e alterar as informações dos registros ou das colunas diretamente. Ha funções do sistema que permitem a alteração construtiva dos dados de uma forma ordenada, e elas devem ser usadas caso você queira  fazer mudanças no banco de dados master. Ele está no coração do SQL Server e, se for corrompido, há uma grande chance de que o programa pare de funcionar corretamente. O banco de dados master contém as seguintes informações fundamentais:

  • Todos logins de usuários, ou papéis,  aos quais os IDs de usuários pertecem
  • Toda a configuração do sistema (por exemplo, informações sobre a classificação dos dados, implementação de segurança, idioma padrão)
  • Os nomes e as informações sobre os bancos de dados do servidor
  • A localização dos bancos de dados
  • Como o SQL Server é inicializado
  • Tabelas especificas dos sistema, que armazenam as seguintes informações (não é uma lista muito extensa)
  • Como cache é usado
  • Quais são os conjuntos de caracteres disponíveis
  • Uma lista de idiomas disponíveis
  • Mensagens de erro e de aviso do sistema
  • Objetos especiais do SQL Server, chamados assemblies  (tabelas de todos os bancos de dados que lidam com objetos do SQL Server e portanto não são especificas do banco de dados master). O banco de dados master é o guarda de segurança  do SQL Server e utiliza as informações anteriores para garantir que tudo seja verificado.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *